Encabezado de página

Comentarios del lector/a

JEJUM INTERMITENTE FUNCIONA?

de Isis Becker (2019-02-21)


Você já ouviu falar no Jejum Intermitente? Esse método conquistando cada vez mais o publico que deseja perder peso, é um estilo de vida a ser seguido para melhorar a qualidade de vida. O jejum é praticado de acordo com um objetivo definido, podendo ser feito por qualquer período de tempo, desde apenas algumas horas e podendo permanecer, em alguns casos, até por dias.
Este método é realizado através da organização das refeições ao longo do dia de forma a se conseguir melhores resultados tanto em relação ao aproveitamento dos nutrientes quanto em relação à redução de gordura, podendo ter também impacto no ganho de massa muscular.

No jejum intermitente, as refeições são alternadas em períodos de jejum com períodos de alimentação. Os padrões mais comuns utilizados são compostos por jejuns diários de 16 horas ou de 24 horas duas vezes por semana. Em geral, as pessoas que praticam este método conseguem resultados expressivos de emagrecimento, melhoram a saúde em vários aspectos e conquistam resultados mais duradouros em comparação com outros métodos. Porém, é importante que se saiba o que comer no jejum intermitente de forma adequada.

BENEFICIOS DO JEJUM INTERMITENTE

1. Diminuição dos níveis de insulina

2. Ajuda a elevar os níveis do hormônio do crescimento

3. Aumenta a reparação celular


COMO FAZER O JEJUM INTERMITENTE?

Existem diversas formas de se realizar este tipo de jejum, basicamente através da organização dos períodos, incluindo horários para as refeições e horários de jejum. Durante o período de jejum, não se come nada ou muito pouco. Durante os períodos de alimentação não existe uma restrição sobre o que comer no jejum intermitente, mas seguir diretrizes saudáveis e funcionais pode garantir melhores resultados e ajudar na manutenção da saúde.

O QUE COMER NO JEJUM INTERMITENTE?

Em conjunto com cada método do jejum intermitente é importante que se conheça os alimentos que podem ser consumidos de forma a se obter melhores resultados de redução de peso e gordura corporal. Saber o que comer no jejum intermitente poderá trazer maiores benefícios de saúde, melhorando ainda mais os resultados. A seguir, vamos conhecer algumas sugestões.

Aumente o consumo de água e bebidas saudáveis
Faça refeições equilibradas em nutrientes

Evite alimentos processados

Abra espaço nas suas refeições para os: abacates, peixes, batata-doce, ovos, nozes e castanhas, grãos integrais, probióticos e vegetais

 

 

CUIDADOS, CONTRAINDICAÇÕES E EFEITOS COLATERAIS

É fundamental que, antes de aderir ao Jejum Intermitente, o médico seja consultado para que você tenha certeza que realmente pode seguir o método.

O jejum intermitente faz mal quando não é feito com o devido acompanhamento de um profissional de saúde porque pode provocar efeitos colaterais graves como desnutrição, desidratação, hipoglicemia, fraqueza muscular e dificuldades de concentração. Ao jejuar por bastante tempo, algumas pessoas podem enfrentar problemas como dor de cabeça, fadiga, ansiedade e irritação.

O jejum intermitente é contraindicado para as mulheres que estejam grávidas ou no período de amamentação, crianças, adolescentes e pessoas diagnosticadas com doenças crônicas como diabetes e hipertensão.

CONCLUSÃO

O jejum intermitente é considerado um estilo de vida, que reúne grupos e fãs ao redor do mundo na sua prática e difusão. Este método é realizado através da organização das refeições ao longo do dia de forma a se conseguir melhores resultados tanto em relação ao aproveitamento dos nutrientes quanto em relação à redução de gordura, podendo ter também impacto no ganho de massa muscular.

Porém, é importante que se saiba o que comer no jejum intermitente para melhores resultados é que se tenha um acompanhamento profissional para ter certeza de que realmente pode aderir ao método e manter uma dieta saudável e também pratica de exercícios.





ISSN: 2523-6342